Links e Livros

Após um estudo de mais de dois anos sobre os temas responsabilidade social empresarial (RSE), sustentabilidade, ecoeficiência e engajamento de stakeholders para a elaboração de uma monografia para o MBA de Gestão e Tecnologia Ambientais da Escola Politécnica da USP (PECE), montamos uma biblioteca com livros e links de referências para esses assuntos:

AA1000SES, AA1000 Stakeholder Engagement Standard, disponível em <http://accountabilityaa1000wiki.net/wiki/thestandard/Special:Uncategorized/>. Acesso em 30/01/2010; Publicado em 2010;

ACCOUNTABILITY, AA1000 Series, disponível em <http://www.accountability21.net/aa1000series>. Acesso em 30/01/2010;

AKATU, O que é consumo consciente, disponível em < http://www.akatu.org.br/consumo_consciente/oque>, Acesso em 30/01/2010

ALMEIDA, J. R. et al, Gestão ambiental: Planejamento, avaliação, implantação, operação e verificação. Rio de Janeiro: Thex Editora, 2002.

ASSADOURIAN, E. – The Rise and Fall of Consumer Cultures, 2010- State of the World- Transforming Cultures-From Consumerism to Sustainability, USA: The Worldwatch Institute, disponível em < http://blogs.worldwatch.org/transformingcultures/wp-content/uploads/2009/04/Chapter-1.pdf>. Acesso em 31/01/2010, Publicado em 2010;

ATKWHH, Compêndio para a Sustentabilidade, Instituto AntaKarana e Willis Harman House, disponível em <http://www.compendiosustentabilidade.com.br/2008/>, Acessado em 02/02/2010, Publicado em 2008;

BARABÁSI, A. L. e ALBERT, R. – Evolution of the Social Network of Scientific Collaborations, Science Magazine, volume 286, Publicado em 1999;

BENN, S.; DUNPHY, D. e GRIFFITHS, A. – Integrating human and ecological factors: a systematic approach to corporate sustainability, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006;

CAMPOS, M. K. S. – Fiesp – Seminário Internacional “Tendências da ISO em normalização ambiental internacional e as ações do Brasil”, A Comunicação Ambiental no Brasil e o potencial de aplicação da norma ISO 14063, disponível em < http://www.fiesp.com.br/ambiente/pdf/iso/11_marcelo.pdf>. Acesso em 13/03/2010, Publicado em 2007

CDP, Carbon Disclosure Project Supply Chain Report 2010, disponível em <https://www.cdproject.net/CDPResults/CDP-Supply-Chain-Report_2010.pdf&gt;, Acesso em 02/02/2010, Publicado em 2010;

CETIC, Pesquisa sobre o Uso das TICs no Brasil ‒ 2009, disponível em < http://www.cetic.br/tic/2009/index.htm>, Acesso em 02/03/2010, Publicado em 2010;

COP15, Copenhagen Accord, disponível em < http://unfccc.int/files/meetings/cop_15/application/pdf/cop15_cph_auv.pdf>, Acesso em 02/02/2010, Publicado em 2009;

ECHEGARAY, F., Consumo Responsável: Tendências, riscos e oportunidades, disponível em <http://www.ideiasustentavel.com.br/pdf/IS17%20-%20Dossie.pdf>, publicado em 2009;

EDELMAN, 2010 Edelman Trust Barometer, disponível em < http://www.edelman.com/trust/2010/docs/2010_Trust_Barometer_Executive_Summary.pdf>, Acesso em 03/02/2010, Publicado em 2010;

ETHOS, O que é RSE, disponível em < http://www1.ethos.org.br/EthosWeb/pt/29/o_que_e_rse/o_que_e_rse.aspx>, Acesso em 04/02/2010, Publicado em 2010

ETHOS/AKATU, Práticas e Perspectivas da Responsabilidade Social Empresarial no Brasil, 2008, disponível em <http://www.akatu.org.br/akatu_acao/publicacoes/responsabilidade-social-empresarial/relatorio-praticas-e-perspectivas-da-responsabilidade-social-empresarial-no-brasil-2013-2008/at_download/file>, Acesso em 04/02/2010, Publicado em 2008;

EVANS, D. e ROSS, S. – Lifecycle Assessment, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006

GFN, Global Footprint Network, disponível em < http://www.footprintnetwork.org/en/index.php/GFN/page/footprint_basics_overview/>. Acesso em 13/03/2010;

GRI – Global Reporting Initiative – disponível em <http://www.globalreporting.org>. Acesso em 30/01/2010;

GRI – Reporting Framework-Portuguese – disponível em <http://www.globalreporting.org/Home/LanguageBar/PortugueseLanguagePage.htm#Brasil>. Acesso em 30/01/2010; Publicado em 2006

GRI/ACCA, High Impact Sectors: The Challenge of Reporting on Climate Change, disponível em <http://www.globalreporting.org/NR/rdonlyres/D8AD5DDE-546A-4D5D-9617-20C75B242AAC/3791/Climate_change_reporting_ACCA_and_GRI.pdf>, Acessado em 03/02/2010, Publicado em 2009

GRI/RADLEY YELDAR, Trends in online sustainability reporting – Communicating sustainability, disponível em <http://www.sustainabilityreportingonline.com/themes_trends/reporting_to_dialogue/>, Acessado em 03/02/2010, Publicado em 2009

HABERMAS, J. The Theory of Communicative Action, London: Beacon Press, 1981;

HAMMER, A. – Enhancing Stakeholder Engagement Through Web 2.0 – disponível em < http://www.sustainability.com/downloads_public/Web20_May2009.pdf>. Acesso em 31/01/2010, publicado em 2009;

HIGGINS, T. E., Pollution Prevention Handbook, Florida: CRC Press LLC, 1995;

IDEC – O que é responsabilidade socioambiental – disponível em <http://www.idec.org.br/bancos/discurso_x_pratica/o_que_e_responsabilidade_socioambiental.html>, Acessado em 07/02/2010;

ISO – Future ISO 26000 standard on social responsibility published as Draft International Standard, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, disponível em <http://www.iso.org/iso/pressrelease.htm?refid=Ref1245>, Acesso em 10/03/2010, Publicado em 2009;

ISO – The ISO Survey of Certifications  – 2008, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, disponível em < http://www.iso.org/iso/pressrelease.htm?refid=Ref1274>, Acesso em 10/03/2010, Publicado em 2008;

ISO 14001 – Environmental management systems — Requirements with guidance for use, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, Publicado em 2004;

ISO 14040 – Environmental management – Life cycle assessment -Principles and framework, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, Publicado em 2006;

ISO 14044 – Environmental management – Life cycle assessment -Requirements and guidelines, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, Publicado em 2006;

ISO 14063 – Environmental communication, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, Publicado em 2006;

ISO 26000 – Guidance on social responsibility, International Organization for Standardization (ISO), Genebra, disponível em < http://isotc.iso.org/livelink/livelink?func=ll&objId=8385026&objAction=download>, Acesso em 10/03/2010, Publicado em 2009;

KENDALL, G– disponível em <http://www.sustainability.com/researchandadvocacy/columns_article.asp?id=1622>. Acesso em 31/01/2010, publicado em 2008;

KOTLER, P. e KELLER, K. L. – Administração de Marketing, São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006;

KPMG, International Survey of Corporate Responsibility Reporting, disponível em <http://www.kpmg.nl/Docs/Corporate_Site/Publicaties/Corp_responsibility_Survey_2008.pdf>, Acessado em 03/02/2010, Publicado em 2008

LOVINS, L. H., Natural Capitalism, Path to Sustainability, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006;

MATA, T. M. e COSTA, C. A. V. – Gestão Ambiental e Norma ISO 14040 – disponível em <http://www.aeportugal.pt/Areas/AmbienteEnergia/CadernosPDF/Caderno6/AnaliseCicloVida.pdf>. Acesso em 31/01/2010;

McDONOUGH, W. e BRAUNGART, M. – Cradle to Cradle Design Guidelines; disponível em <http://www.mbdc.com/challenge/Cradle-To-Cradle_Design_Guidelines.pdf>, Acesso em 14/03/2010, Publicado em 2003;

McDONOUGH, W. e BRAUNGART, M. – Cradle to Cradle: Remaking the Way We Make Things; New York: North Point Press, 2002;

MIERZWA, J. C. e HESPANHOL, I. – Água na Indústria, uso racional e reúso; São Paulo, Oficina de Textos, Publicado em 2005;

MONTEIRO, A. J. L. C., Legislação Ambiental-Pinheiro Neto Advogados, disponível em < http://www.pinheironeto.com.br/upload/tb_pinheironeto_livreto/pdf/070507111358ambiental_2007.pdf>, Acesso em 14/03/2010, Publicado em 2007;

MOURA, L. A. ABDALLA – Qualidade e Gestão Ambiental; São Paulo: Editora Juarez de Oliveira, 2008;

NASCIMENTO, L. F. e VENZKE, C. S. – Ecodesign, em Modelos e Ferramentas de Gestão Ambiental, organizado por Vilela e Demajorovic, São Paulo, SENAC, 2006;

OECD, Guidelines for Multinational Enterprises, disponível em <http://www.oecd.org/dataoecd/56/36/1922428.pdf >, Acesso em 03/04/2010, Publicado em 2000;

ONU, Millennium Ecosystem Assessment, disponível em <http://www.millenniumassessment.org/en/index.aspx >, Acesso em 01/02/2010, Publicado em 2005;

POLLUTION PROBE, Policy Framework for Environmental Sustainability Project, disponível em <http://www.pollutionprobe.org/whatwedo/PFR/projectsummaryreport.pdf>, Acesso em 13/03/2010, Publicado em 2004;

PRI, Annual Report of the PRI Initiative, 2009, disponível em < http://www.unpri.org/files/PRI%20Annual%20Report%2009.pdf>, Acesso em 13/03/2010, Publicado em 2009;

PRI, PRI Signatories-Brazil, disponível em <http://www.unpri.org/signatories/index.php?country=Brazil>,  Acesso em 13/03/2010, Publicado em 2010;

ROCCA, A. C. C. e CASTRO NETO, P. P. – Poluição do Solo; São Paulo, PECE-POLI-USP-Programa de Educação Continuada, Publicado em 2009;

ROHRACHER, H. – Users as a source of learning in environmental technology management, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006

SACHS, J. e FINKELPEARL, S. – From Selling Soap to Selling Sustainability: Social Marketing, 2010- State of the World- Transforming Cultures-From Consumerism to Sustainability, USA: The Worldwatch Institute, disponível em <http://blogs.worldwatch.org/transformingcultures/wp-content/uploads/2009/04/Social-Marketing-Sachs-and-Finkelpearl.pdf>. Acesso em 31/01/2010, Publicado em 2010;

SAI, Social Accountability International SA 8000, disponível em <http://www.sa-intl.org/_data/n_0001/resources/live/2008StdEnglishFinal.pdf >, Acessado em 02/02/2010, Publicado em 2008;

SAMPAIO, I. S. V. – Conceitos e Modelos da Comunicação, Revista Ciberlegenda número 5, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, disponível em <http://www.uff.br/mestcii/ines1.htm>, Acesso em 10/03/2010, Publicado em 2001;

SIGMA PROJECT – Sustainability Integrated Guidelines for Management – disponível em <http://www.projectsigma.co.uk>. Acesso em 30/01/2010;

SOTTO MAYOR, L. B. F. – Gerenciamento de Resíduos; São Paulo, PECE-POLI-USP-Programa de Educação Continuada, Publicado em 2009;

STAHEL, W., The Potential for Substituting Manpower for Energy, report to the European Commission in Brussels, 1976

SUSTAINABILITY – Consultoria Estratégica – disponível em <http://www.sustainability.com>. Acesso em 31/01/2010;

TARR, M., UNIVERSITY OF BOLTON ISO 14001 COURSE OVERVIEW, disponível em < http://www.ami.ac.uk/courses/topics/0102_isoe/index.html>, Acesso em 14/03/2010, Publicado em 2010;

TERRACHOICE,  TerraChoice Environmental Marketing Consulting; disponível em < http://sinsofgreenwashing.org/findings/greenwashing-report-2009/>, Acesso em 14/03/2010, Publicado em 2009;

TIBBS, H. – The Value Loop – A New Framework for Business Thinking, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006

UNIETHOS, Contribuição do GT Ethos para a ISO 26000, disponível em <http://www.ethos.org.br/_Uniethos/documents/ISO26_Public2008_Web.pdf>, Acesso em 07/02/2010, Publicado em 2008;

USEPA, Pollution Prevention (P2), disponível em < http://www.epa.gov/p2/pubs/p2policy/definitions.htm>, Acesso em 14/05/2010, Publicado em 2010

van BERKEL, R. – Industrial Ecology, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006a

van BERKEL, R. – Cleaner Production and Eco-Efficiency, The International Handbook on Environmental Technology Management, Editado por Dora Marinova, David Annandale e John Phillimore, Massachusetts (USA): Edward Elgar Publishing, Inc, 2006b

VIG, S. – Factors influencing environmental communication The case study of Schenker AB, disponível em < http://lup.lub.lu.se/luur/download?func=downloadFile&recordOId=1327672&fileOId=1327673>,  Acessado em 14/03/2010, Publicado em 2006

WALMART, Sustainability Index, disponível em <http://walmartstores.com/Sustainability/9292.aspx>,  Acessado em 14/03/2010, Publicado em 2009

WBCSD – Eco-efficiency Learning Module, disponível em < http://www.wbcsd.org/web/publications/ee_module.pdf>, Acesso em 07/03/2010, Publicado em 2006;

WBCSD – Vision 2050, disponível em < http://www.wbcsd.org/DocRoot/dhxR1BWYVPX3e6wr0vZQ/Vision_2050_FullReport_040210.pdf>, Acesso em 07/03/2010, Publicado em 2010;

WEF-World Economic Forum, Green Investing 2010: Policy Mechanisms to Bridge the Financing Gap, disponível em <http://www.weforum.org/pdf/climate/greeninvesting2010.pdf>, Acessado em 04/02/2010, Publicado em 2010

WMO, Greenhouse Gas Bulletin, disponível em < http://www.wmo.int/pages/prog/arep/gaw/ghg/documents/ghg-bulletin2008_en.pdf>,  Acessado em 14/03/2010, Publicado em 2009

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: